BREVE MAIS INFORMAÇÕES

INSPIRAÇÃO DA MARCA

O Festival Millennium está 100% em fase de desenvolvimento, criação e personalização de toda a sua implantação, incluindo a cenografia, designer de iluminação, mapeamento e audiovisual. Ele nasce com visão grandiosa e sua concepção e desenvolvimento são para torná-lo um dos maiores festivais de música do planeta, dentro de uma área rural a 90 km de São Paulo.

 

Esta produtora inspirou-se no dirigível, um aeróstato rígido, cujo nome é uma homenagem ao Conde Alemão Ferdinand Von Zeppelin, que foi pioneiro no desenvolvimento de dirigíveis rígidos em 1.839, início do século XX. Teve maior visibilidade para fins de conquista pelos alemães na 1ª guerra mundial e durante a revolução da indústria da aviação na Europa, Estados Unidos e Brasil.

 

Para tanto, integraremos cenograficamente a grande metrópole paulistana ao espaço físico campestre localizado no interior de São Paulo, unindo o retrô ao contemporâneo, o moderno ao clássico e o antigo ao novo, distribuídos em espaços diferentes dentro do evento.

 

Este festival vem sendo produzido a cerca de 7 anos e só agora foi possível entrar no mercado nacional. O evento pretende trazer até 120 bandas nacionais e internacionais, dando espaço também pra bandas emergentes se apresentarem e utilizarem a plataforma do evento para formação de carreira. O evento será realizado numa área com mais de 980.000 m², onde serão montados 5 palcos.

A cenografia tem como tema central o formato “Steampunk”, que é apenas um subgênero de um subgênero: suas raízes remetem ao cyberpunk, uma ramificação da ficção científica que engloba universos paralelos futuristas e uma tecnologia muito mais avançada do que a encontrada na nossa época atual, ficando registrada dentro das histórias do último milênio.

Steampunk também conhecido como Tecnavapor (abreviação de ''Tecnologia a Vapor'') é um subgênero da ficção cientifica, ou ficção especulativa, que ganhou fama no final dos anos 1980 e início dos anos 1990.

Trata-se de obras ambientadas no passado, no qual os paradigmas tecnológicos modernos ocorreram mais cedo do que na história real (ou em um universo com características similares), mas foram obtidos por meio da ciência já disponível naquela época - como por exemplo, computadores de madeira e aviões movidos a vapor. É um estilo normalmente associado ao futurista cyberpunk e, assim como este, tem uma base de fãs semelhante, mas distinta.

O Festival Millennium se propõe a estabelecer, implementar, manter e melhorar continuamente o sistema de gestão para sustentabilidade do evento, incluindo os processos necessários e suas interações, de acordo com os requisitos da norma internacional (ABNT NBR ISO 20121:2012). O evento se engajará a construir os stakeholders, princípios e valores comprometidos com o "Comportamento Sustentável" e o uso da inteligência coletiva para co-criações resultando em reduções dos impactos ambientais.

CONCEITO DA MARCA

 

O Festival Millennium nasce com um enorme desafio, que é unir este marco histórico com a temática e identidade visual do projeto, implantando uma cenografia, valorizando o conceito do aeróstato integrada a marca deste festival. O Zeppelin se tornará um gigante telão de cinema recebendo projeções mapeadas em tempo real dos principais shows.

Para este novo milênio a organizadora se inspirou no conceito partindo de uma idéia simples - porém com visão grandiosa - tornando o Festival Millennium único e exclusivo no mundo. Este projeto sai do papel ganhando imagem desenhada, fontes, tons e cores. 

 

A tipografia e o desenho estão integrados, podendo ganhar forma que reforça a idéia do conceito desta marca e deixando claro ser um evento ao ar livre, sempre traduzindo a união do velho para o novo, o épico de 1.839 para o novo milênio de 2018.

 

Aplicamos nesta marca a forma aerodinâmica, podendo ganhar forma ou textura, objeto, brindes, moda, além de poder ser experimentada pelos patrocinadores.

 

O círculo interno desta marca faz referência ao globo mundial, o traço em curva de baixo do Zeppelin representa o relevo topográfico da área rural aonde será implantada a cenografia dentro de uma área de 980.000M². 

 

A marca do Festival Millennium é moderna, acendendo o desejo de participação popular, podendo transportar o passado para o presente para gerar bons resultados a se colher no futuro, além de gerar fortes emoções.

 

Esta marca projeta uma visão sustentável pelo fato do festival ser realizado ao ar livre no meio da natureza, com forte redução de impacto no meio ambiente.

​​​

ESSÊNCIA DA MARCA

A essência desta marca, também traduz na prática todas as dificuldades obtidas pela organizadora para se construir este grande projeto. E o Festival Millennium quer transmitir através da logomarca que este cruzador representa "conquista", desbrava novos horizontes em unir e difundir as mais variadas artes e culturas mundiais.

 

O tema é exclusivo e retrata um fato marcado na história, ocorrido no último milênio. A essência desta marca faz dela uma parte da própria cenografia do festival, com isto unimos o clássico ao moderno, juntamos aviação retrô de 1.839 ao contemporâneo.

Todas as linguagens multi-comunicacionais que unem as atividades plásticas, musicais, cenográficas e audiovisuais que contemplam a essência e a existência desta marca, faz dela um novo registro na história do novo milênio tornando este produto 100% brasileiro, podendo no futuro percorrer todos os 3 continentes.

Por fim, esta é a verdadeira essência do conceito da marca do festival, sintetizando e se baseando em realizações e ações épicas e adequando-as para projetar resultados de sucesso no futuro.

  • LINKEDIN
  • MILLENNIUM BRASIL EVENTOS
  • MILLENNIUM BRASIL EVENTOS
  • G+ - Grey Circle
  • MILLENNIUM BRASIL EVENTOS
  • Pinterest - Grey Circle
  • MILLENNIUM BRASIL